Exposição de Motivos




Luci Afonso


Sr. Diretor,

Venho respeitosamente solicitar a transferência dos servidores relacionados em anexo, pelos motivos que exponho a seguir.

Esclareço que a principal razão deste pedido é a contínua insubordinação da referida equipe às determinações desta gerência, bem como o inaceitável descumprimento do horário por nós estabelecido.

Destaco, entre outros, os procedimentos que considero inadmissíveis:

- a equipe costuma trabalhar a portas fechadas, sempre às gargalhadas — suspeita-se do uso de alguma substância ilícita;

- os servidores foram surpreendidos fazendo brincadeiras absurdas, como a alegada “dança das cadeiras”, supostamente destinada ao relaxamento e à descontração;

- ditos servidores perdem muito tempo em atividades inúteis, como soltar bolhas de sabão, argumentando que tal exercício favoreceria o espírito criativo — não apenas soltaram as bolhas, mas pularam, dançaram, fotografaram e escreveram sobre o assunto;

- são adeptos da moda hippie, chegando ao cúmulo de tirar os sapatos para trabalhar — mais grave ainda, um ou outro traje sensual feminino chegou a suscitar quebra de decoro;

- têm o estranho hábito de usar roupa da mesma cor em determinados dias e de ostentar acessórios esdrúxulos, como chapéus e óculos coloridos;

- comem muito e consomem cafeína em excesso durante o expediente;

- deixam a sala vazia das 12 às 14 horas, devido ao péssimo hábito de sair para almoçar juntos;

- tratam com excessiva consideração os funcionários mais humildes, dando a estes a falsa impressão de serem tão importantes quanto os demais servidores (chegaram ao ponto de publicar no boletim um cordel do encarregado da limpeza!);

- em vez de atender estritamente às demandas institucionais, produzem textos eróticos, escatológicos ou que afrontam a moral e os bons costumes da sociedade cristã;

- têm a irritante mania de ter ideias.

Em suma, esta gerência avalia que os supracitados indivíduos criativos, autênticos e independentes não contribuem para a implementação das diretrizes acordadas no programa de gestão estratégica da instituição. Sendo assim, em consonância com as habilidades de relacionamento adquiridas no exercício desta função gerencial, rogo pela imediata remoção dos referidos elementos para bem longe da minha visão sistêmica.

Nestes termos, peço deferimento.

Postagens mais visitadas deste blog

Roupa de época

Os personagens e seus nomes

A escrita de uma crônica*