Cordel para Luci Afonso


Gustavo Dourado


Luci reluz verso e prosa:
Mineira de Araxá...
Cronista de alto quilate:
Às margens do Paranoá...
Sua arte é cristalina:
Canta aqui...Encanta lá...

Ano 1971:
No Distrito Federal...
Taguatinga no caminho:
Barro Branco essencial...
Ave Branca planaltina:
Brasília piramidal...

Luci em Taguatinga:
Reunião familiar...
Sempre observadora:
A crônica sabe narrar...
Pioneira no caminho:
Na estrada a divagar...

Estudou e progrediu:
Por luta e merecimento...
Mulher de fibra e arte:
Criativa no talento...
Expressa com alegria:
As luzes do sentimento...

Fez Letras na UnB:
Bom gosto pela leitura...
De Machado a Clarice:
Dádiva da literatura...
Tem o dom do visual:
Que realça na pintura...

Ano 1985:
Servidora concursada...
A sua vida melhorou:
Deu uma boa mudada...
Teve acesso a muita coisa:
Que não tinha na jornada...

Literatura que pulsa:
Ao som de Fernando Sabino...
Rubem Braga está presente:
Na arte do seu destino...
Drummond, Caio e Adélia:
E Barros diamantino...

Luci Afonso de Oliveira:
Da notícia personagem...
Clodoaldo Pernambuco:
Muitos carros fez lavagem...
Criadora e criatura:
Produtores da mensagem...

Clodoaldo José Paulino:
Seu Pernambuco, conhecido...
Personifica a crônica:
Que muita gente tem lido...
No real e na internet:
Tem o fato acontecido...

Luci escrevive, voa:
Pra se sentir equilibrada...
Equilivre circunavega:
No sonho da madrugada...
Relata a sua vivência:
Nos tempos da Esplanada...

Luci expõe o invisível:
Aquilo que não se vê...
Ela expressa essa gente:
Que nem sequer sabe lê...
O povo que ninguém sente:
Que não passa na tevê...

Escreveu Velhota, eu?:
Que é seu livro primeiro...
Vivência do cotidiano...
Desse sonho passageiro...
Luci reflete o real:
O seu amor por inteiro...

Na Câmara dos Deputados:
Taquigrafou a história...
Discursos, fatos, momentos:
A vida na trajetória...
Projetos de todo tipo:
Dessa vida giratória...

Espaço Zumbi dos Palmares:
Núcleo de Literatura...
Marco Antunes orienta:
Teatro e boa leitura...
Luci capricha no texto:
Mistura dor e ternura...

Destaque nos recitais:
Sua crônica é primorosa...
Romanceia com as letras:
Revisa sem polvorosa...
No Grande Sertão: Veredas:
Na travessia de Rosa...

Luci é luz que irradia:
Arte...Criatividade...
É um encanto de pessoa:
Cultiva a vivacidade...
Mulher de fibra e talento:
Ave da fraternidade...


Postagens mais visitadas deste blog

Roupa de época

Os personagens e seus nomes

A escrita de uma crônica*