Cordel das Festas Populares



Gustavo Dourado


A Ciência do Folclore:
Aprendi com o Cascudo...
Patativa deu o mote:
Ariano conteúdo...
Vitalino esculpiu:
Cartola nos disse tudo...
Baião de dois:Farinhada
A sagrada rapadura
Bebo uma talagada
Gole de cachaça pura
Para cantar o Brasil:
E os festejos da cultura...

São muitos ciclos festivos:
Ano-Novo...Carnaval...
Ciclo das Águas e do Divino:
Sacro ciclo quaresmal...
Ciclo junino e julino:
Papai Noel no Natal...

As doze noites festivas:
Iniciam-se no Natal...
O culto ao Sol Invictus:
Antigo e tradicional...
Vai até 6 de janeiro:
Reis Magos universal...

Diversas festividades:
Festas do Cristianismo...
Divindades, santos, santas:
Eclético ecumenismo...
Nosso Senhor, Nossa Senhora:
Procissões do sincretismo...

Folguedos, bailes e cultos:
Práticas devocionais...
Os índios também celebram:
Fazem os seus festivais...
Tropos, autos, malhações:
Votos sobrenaturais...

Mani.fest.ações de rua:
O Galo da Madrugada...
Trio Elétrico da Bahia:
No Cerrado a cavalhada...
Catira...Coco... Cordel:
Cateretê e congada...

Juninas festas julinas:
Sobressai o São-João...
Quadrilhas, arrasta-pé:
Fogos, fogueira, balão...
Pamonha e milho assado:
Festa boa é no Sertão...

Crisma, batismo de fogo:
Dançar e pular fogueira...
Baião de Luiz Gonzaga:
Com forró a noite inteira...
Quentão, pinga, cantoria:
Pra curar a pasmaceira...

Música, teatro, dança:
Sinônimo de alegria
Uma lona colorida
O palhaço que arrelia...
Desde Maximus em Roma:
O circo nos fantasia...

Sociedade do Espetaculo:
Des.Ilusão, malabar...
Platéia - arqui.bancada:
Gol na festa popular...
Futebol circo moderno:
A multidão a sonhar...

Garrincha,alegria do povo:
Fez a massa delirar...
Driblava Zé e João:
Era festa popular...
O anjo das pernas tortas:
Soube carnavalizar...

Bailes em todo o Brasil
Centro, Sul, Sudeste, Norte
O Nordeste pega fogo
Alma em teletransporte
Carnaval é poesia:
A vida ilude a morte...

Abre Alas com Chiquinha
No entrudo, teve origem
Cordões pelas avenidas
Balanço que dá vertigem
A multidão se sacode:
Manda embora a fuligem...

Noel, Ary, Pixinguinha
Jacob com seu bandolim
Trio elétrico na folia
Armandinho, serafim
Dodô e Osmar no ritmo:
Salve o Senhor do Bonfim...

Carmen Miranda, Tropicália:
Bumba-Meu-Boi sedutor...
Maxixe, afoxé...lundu...
O samba interlocutor...
Todo mundo na folia:
Ritmos de paz e amor...

Sortes e adivinhas:
Simpatia e acalanto...
Pai-Nosso, Salve-Rainha:
A festa é um encanto...
Santo de cabeça pra baixo:
Atrás da porta no canto...

Dancei no Boi do Teodoro:
Desfilei no Pacotão...
Charles Preto na surdina:
Perfilou na contra-mão...
Cassetete da Polícia:
Abaixo a Repressão...

Cantigas...Contos... Brinquedos:
Nos sonhos do dia-a-dia:
Oktoberfest, micarê...
Máscaras da fantasia:
Joãozinho Trinta - Jamelão:
Nossas festas têm magia...

Amazonas Parintins:
Caprichoso e Garantido:
Cunhã Poranga e Pajé:
Saci e boto atrevido...
Gigante Juma - Curupira:
Boitatá bem sacudido...

Bumbódromo tupiniquim
ilha Tupinambarana:
Mapinguari e Mãe-Dágua:
A floresta nos irmana...
Açai...Cupuaçú:
Ecos da sussuarana...

Dança a Mula-sem-cabeça
Mãe-de-ouro na folia...
Corpo-Seco, Pisadeira:
Destranca a rua, Maria:
Com as sete chaves da vida:
Consagrada epifania...

Nosso Senhor dos Navegantes:
Linda Conceição da Praia...
Fui à Pesca do Xaréu:
No mar se via arraia...
Na Festa de Iemanjá:
Capoeira, mini-saia...

Nossa Senhora do Rosário:
Pirenópolis-Catalão...
Goiás Velho e Trindade:
Juazeiro no Sertão:
Lampião e Padim Ciço:
Reza de Frei Damião...

Raízes culturais do Brasil:
Questão de identidade...
Círio e Aparecida:
Interior e cidade...
Procissão do Fogaréu:
Festa...Multiplicidade...

Candomblé Umbandaum:
No Pelô o saravá...
Mãe Menininha, a bênção:
Iluminou Gantoá...
Os orixás da Prainha:
No Lago Paranoá...

No ritmo do improviso:
Inácio da Catingueira...
Cego Aderaldo na rima:
Desafia Zé Limeira...
Festa em Campina Grande:
Xaxado...Mulher Rendeira...

Repercutem os tambores:
Oferenda a Iemanjá...
Oxum, Xangô,Iansã:
Oxóssi, Ogum, Oxalá...
Macumbanda...Candomblé:
Iaô...Ylê...Iaiá...

Cristão e mouros em luta:
A famosa cavalhada...
Pastoril e seus cordões:
Sebastião na congada...
Zabumbas e maracás:
Sacodem a caboclada...

Nossa Senhora Aparecida:
Festa da Boa Viagem...
Santos Reis, São Benedito:
Chegança...Camaradagem...
Pajelança...Uca-Uca:
Nossos ritos de passagem...

O Brasil se sassarica:
Se sacode na noitada...
Pula, dança e festeja:
Pagode e marujada:
Xoxoteia xaxaxando:
Se remexe na lambada...

Nas festas de hoje em dia:
Tudo está muito mudado...
Tem show e tecnologia:
Se perdeu o rebolado...
Saudade do forrobodó:
No terreiro e no roçado...

Nas noites de minha infância:
Não tinha eletricidade...
A luz era à luz da lua...
Tinha estrelicidade...
Dos festejos de menino:
Lembro e morro de saudade...

Nosso povo é sonhador:
Deseja o essencial...
Terra, amor, casa, comida:
Trabalho, vida normal ...
Quer a paz e equilíbrio
E festejar o Carnaval...

Valorização da Arte
É ação de resistência
A cultura é vital
Pra nossa sobrevivência
Livros, arroz e feijão
Na festa da consciência.

Pra você tudo de bom:
Saúde...Fraternidade
Um Natal de harmonia:
Luz...Solidariedade...
Paz...Amor e Alegria:
Sucesso e Felicidade...

Um Ano-Novo de glórias:
Sua estrela vai brilhar...
Que tudo se concretize:
Possa a vitória alcançar
Universe a fantasia:
Numa Festa Popular...


Postagens mais visitadas deste blog

Os personagens e seus nomes

Roupa de época

A escrita de uma crônica*