Terça Crônica





Uma grande parte da história brasileira foi contada pelos cronistas, de maneira curta e bem-humorada.
O ator Jones Schneider e o músico Alex Souza selecionaram algumas dessas deliciosas crônicas para apresentá-las em leves cenas musicadas, em um dos mais simpáticos teatros da cidade.

Teatro Goldoni/Casa d’Itália
208/209 Sul
21 horas
Entrada franca


DIA 07/10 - Crônicas de José Carlos Vieira e canções de Chico Buarque.

DIA 14/10 - Crônicas de Roberto Klotz e canções de Caetano Veloso.


Roberto Klotz escreve como se estivesse conversando. É criativo com linguagem alegre, bem humorada e entusiasmada. Observador atento a tudo que o rodeia e, como cronista, interpreta e acentua com leveza e ironia procurando surpreender o leitor ao final da história.
Enquanto aprendia a cozinhar escreveu um livro de aventuras culinárias, engordou de tantas pizzas encomendadas. Para recuperar o peso, o médico recomendou que caminhasse. Escreveu crônicas para pessoas que caminham com os olhos fechados.

Postagens mais visitadas deste blog

Roupa de época

Os personagens e seus nomes

A escrita de uma crônica*