Canção de amor


Anabe Lopes






Te encontro no beijo do vento,
um sopro no tempo.

Nos olhos da lua te vejo,
a todo momento.

Almas de flores flutuam,
no céu de um abraço.

No abraço um beijo de vida,
remanso, riacho.

Mágica essência da terra,
desliza o momento.

A voz suave da chuva,
sussurra o teu beijo.

Olho no céu um lampejo,
no azul horizonte

Da água que escorre em meu corpo,
renasce um desejo.

Da espuma das ondas do mar,
divino carinho.

Ao som dessas águas azuis,
grito seu nome.

E o mar te entrega um segredo,
na areia da praia.

E na eternidade das ondas,
eu posso te ter.

Postagens mais visitadas deste blog

Os personagens e seus nomes

Roupa de época

A escrita de uma crônica*